Arquivo Público de SC terá acervo digital de certidões de nascimentos, casamentos e óbitos

O processo de digitalização começou no início de dezembro e seguirá no primeiro semestre de 2021.


 

O Arquivo Público do Estado de Santa Catarina tem mais um projeto para sair do papel em 2021. O acervo digital vai contar com mais de nove mil volumes de certidões de nascimento, casamento e óbito de cartórios catarinenses, do período de 1918 a 1989.

 

O projeto para digitalização destas certidões vem de uma parceria do Arquivo Público do Estado de Santa Catarina com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

 

De acordo com a servidora Sheila Campos da Silva, que faz parte da equipe técnica do Arquivo, a parceria ocorre por meio de um Acordo de Cooperação Técnica com a instituição religiosa.

 

“Eles são responsáveis por manter a plataforma Family Search, que disponibiliza documentos de valor genealógico em seu site e já é referência na pesquisa de antepassados, com imagens de documentos de várias partes do mundo”, afirma.

 

O processo de digitalização começou no início de dezembro e seguirá no primeiro semestre de 2021. “Primeiramente estão sendo digitalizadas as certidões de óbito, que serão seguidas das certidões de casamento e nascimento”, destaca Sheila.

 

Os procedimentos foram alinhados previamente com a Gerência de Recuperação Documental, incluindo a preparação dos documentos e a indexação de metadados. Com a supervisão da Gerência, a equipe que está desenvolvendo os trabalhos conta com quatro pessoas, sendo duas na preparação dos documentos e duas na captura das imagens. “O objetivo é de que os representantes digitais estejam disponíveis no site do APESC no segundo semestre de 2021, além de estarem no site da Family Search”, conclui.

 

O Arquivo Público conta ainda com um convênio do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, que vai possibilitar a digitalização das edições do Diário Oficial do Estado, mapas e fotos e 62 conjuntos documentais, e já está em andamento pela equipe técnica do arquivo.

 

Com informações do Governo de Santa Catarina.