Moisés sanciona projeto que considera aulas presenciais como atividade essencial

O projeto também prevê que o governo tenha controle sobre a decisão de eventuais fechamentos em casos de piora do quadro da doença em cada região.


 

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, sancionou projeto que considera as aulas presenciais na educação como atividade essencial durante a pandemia.

 

A proposta havia sido aprovada na última semana por 33 votos na Assembleia Legislativa (Alesc).

 

Entretanto, Moisés vetou o artigo que previa o funcionamento de escolas independentemente da situação de risco para covid-19.

 

O projeto também prevê que o governo tenha controle sobre a decisão de eventuais fechamentos em casos de piora do quadro da doença em cada região.

 

O único veto agora será discutido e votado na Assembleia.

 

A Secretaria de Estado da Educação informou que, para este ano, não haverá aulas obrigatórias presenciais, elas vão continuar de forma remota nas escolas estaduais. O ano letivo termina em 18 de dezembro.