Nutricionista esclarece mitos e verdades sobre a carne suína

Apesar de todas as vantagens de consumo da carne suína, alguns consumidores ainda apresentam dúvidas em relação à composição nutricional como valor calórico, colesterol e conteúdo de gordura.


 

Você sabia que o consumo global de carne aumentou 58% ao longo de 20 anos até o ano de 2018? Esse maior consumo deve-se ao crescimento populacional mundial. Os brasileiros são a 5ª população que mais consome carne no mundo.

 

Apesar de os cortes bovinos e frango serem carnes muito populares no Brasil, a carne suína é uma excelente alternativa na alimentação por sua qualidade nutricional e sua versatilidade de preparo combinando com vários tipos de molhos. Sem contar que a carne suína apresenta sabor suave e um preço mais acessível. Apesar de todas as vantagens de consumo da carne suína, alguns consumidores ainda apresentam dúvidas em relação a sua composição nutricional como valor calórico, colesterol e conteúdo de gordura.

 

Segundo a nutricionista Natália Alencar, analista de qualidade da multinacional BRF, a carne suína é rica em nutrientes. Dentre suas propriedades nutricionais apresenta alto teor de potássio, ferro e vitaminas do complexo B com destaque para a vitamina B12. Além disso, apresenta teor de proteínas similar aos demais cortes de carne e de alto valor biológico.

 

Composição nutricional de alguns cortes de carne

 

Composição nutricional Lombo suíno Pernil suíno Costela suína Costela bovina Contrafilé bovino Sobrecoxa Peito de frango
Calorias (kcal) 120 216 224 162 152 221 172
Proteína (g) 20,65 18,95 19,07 18,86 19,07 16,52 20,85
Gorduras totais 3,53 14,95 16,33 9,01 7,81 16,61 9,25
Carboidratos 0 0 0 0 0 0 0
Colesterol (mg) 65 67 69 82 78 98 64
Ferro (mg) 0,97 0,86 0,92 0,86 0,78 0,68 0,74
Magnésio (mg) 27 21 16 22 24 18 25
Sódio (mg) 52 55 87 89 76 81 63
Potássio (mg) 393 335 247 290 329 204 220
Vitamina B12 0,52 0,66 0,56 1,29 1,27 0,62 0,34
Valor nutricional da carne crua em 100g

 

Confira abaixo as orientações da especialista sobre o que são mitos e verdades a respeito da carne suína:

 

A carne suína engorda mais?

MITO. A carne suína apresenta calorias semelhantes a outros cortes cárneos. Por exemplo, o lombo apresenta um valor calórico inferior comparado a sobrecoxa de frango ou cortes bovinos. É importante ressaltar que devemos ter uma alimentação saudável por meio de uma dieta equilibrada, ou seja, quantidade suficiente para suprir nossas necessidades fisiológicas.

 

É menos saudável?

MITO. A carne suína é pobre em sódio e rica em potássio, dois minerais aliados na regulação da pressão arterial, auxiliando na manutenção da pressão arterial para indivíduos que seguem uma dieta balanceada e rica em nutrientes.

 

É uma carne com mais gordura e pode aumentar o colesterol?

MITO. Diferentemente do que muitos consumidores imaginam, o teor de colesterol da carne suína é inferior comparado a outros cortes cárneos.  Uma dica para consumir menos gordura está na escolha do corte. Por exemplo, o lombo é uma carne mais magra comparada ao pernil suíno. Outra vantagem da carne suína é que, dependendo do corte, é possível você retirar a gordura aparente da carne, uma vez que, a gordura não está entremeada na carne.

 

É carne vermelha ou branca?

Carne suína é considerada vermelha. A cor da carne é influenciada pelos pigmentos de mioglobina existentes no músculo. A quantidade de mioglobina existente na carne pode variar de acordo com alguns aspectos como o sexo, a espécie e idade do animal. A carne suína caracteriza-se por sua cor uniforme rosada avermelhada e possui, de acordo com o corte, uma camada de gordura superficial.

 

Existem várias opções de cortes suínos in natura para você inserir no seu cardápio como lombo, costela, copa lombo, filé mignon e pernil suíno, no qual podem ser preparados de formas mais simples ou até mesmos mais elaborada e de fato será um sucesso na alimentação da sua família.